h1

Heath Ledger

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Heathcliff Andrew Ledger (Perth, 4 de abril de 1979 — Nova Iorque, 22 de janeiro de 2008) foi um ator australiano. Depois de papéis na televisão durante a década de 1990, Ledger iniciou sua carreira em Hollywood. Estrelou em sucessos de público e crítica como 10 Things I Hate About You, The Patriot, Ned Kelly, A Knight’s Tale e Brokeback Mountain. Em 2007, concluiu a sua performance de Coringa no filme The Dark Knight, sequência ainda não lançada de Batman Begins. O seu último filme, The Imaginarium of Doctor Parnassus, ficou incompleto por ocasião de sua morte. A imprensa divulgou recentemente uma nota que três atores (entre eles Johnny Depp e Jude Law) serão convidados a substitui-lo na produção.

 

Ledger nasceu em Perth, Austrália Ocidental. Era filho de Sally Ledger Bell, uma professora francesa, e Kim Ledger, um piloto de corridas e engenheiro de minas. A mãe de Ledger descende do clã Campbell da Escócia e a família do seu pai é conhecida em Perth por ser a dona da Casa de Fundição Ledger. Tinha três irmãs, Kate, Olivia Ledger e Ashleig Bell. Heath e sua irmã Kate receberam esses nomes como homenagem aos personagens principais do livro Wuthering Heights de Emily Brontë. A Fundação de Caridade Sir Frank Ledger recebeu este nome por causa de seu bisavô. Ledger estudou na Guildford Grammar School, onde teve a sua primeira experiência de ator numa peça sobre Peter Pan, aos dez anos de idade.

 

Aos dezesseis anos de idade, Ledger fez exames de graduação rápida no ensino médio e partiu para Sydney com o melhor amigo, Trevor DiCarlo, para tentar consolidar-se como ator. Voltou para Perth para actuar como um ciclista homossexual na série de televisão Sweat, de 1996.

Em 1996, antes de fazer a sua estreia no cinema australiano em Blackrock, Ledger envolveu-se em Roar, uma série de duração curta da Fox Broadcasting Company. Em 1999, Ledger estrelou na comédia adolescente 10 Things I Hate About You, e começou a ganhar visibilidade nos Estados Unidos da América. Também naquele ano estrelou no aclamado filme australiano Two Hands.

De 2000 até 2005, Ledger estrelou em The Patriot, Monster’s Ball, A Knight’s Tale, The Four Feathers, Ned Kelly, The Order e The Brothers Grimm. Em 2001, ganhou o prémio ShoWest de Futura Estrela Masculina com base nas suas performances em The Patriot e A Knight’s Tale. Em 2003, foi nomeado um dos actores favoritos daquele ano pela edição australiana da revista GQ.

Em 2005, Ledger recebeu o prémio de melhor actor do Círculo de Críticos de Cinema das cidades de Nova Iorque e de São Francisco pelo seu aclamado desempenho no filme Brokeback Mountain de Ang Lee. Neste, Ledger interpreta um cowboy homossexual do estado de Wyoming, Estados Unidos, chamado Ennis Del Mar, que se apaixona pelo sonhador Jack Twist, interpretado por Jake Gyllenhaal. Por esta performance, recebeu também indicações para os prémios de melhor actor nos Globos de Ouro e Oscar.

Também em 2005, Ledger interpretou uma versão fictícia de Giacomo Casanova em Casanova. O filme, uma comédia romântica co-estrelada por Sienna Miller e Jeremy Irons, recebeu duras críticas e pouca bilheteria, sendo o primeiro filme de Ledger a não obter êxito comercial ou crítico.

Em 2006, Ledger foi convidado a tornar-se membro da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Em 2007, foi um dos seis actores a interpretar Bob Dylan em I’m Not There.

Ledger interpretou o Coringa(br)/Joker (pt), vilão das histórias de banda desenhada de Batman, em The Dark Knight, sequência de Batman Begins, de 2005. O filme tem estreia prevista para 18 de Julho de 2008. Como o filme já estava em etapa de pós-produção após a morte de Ledger, não deve sofrer alterações. No entanto, não se pode dizer o mesmo sobre a campanha de marketing viral na sua personagem.

Heath estava a filmar The Imaginarium of Doctor Parnassus na época da sua morte. Os produtores não sabem se irão continuar a filmar.

 

Ledger tinha fortes aspirações a se tornar director de cinema. Explorou esse seu lado em alguns videoclipes e numa curta-metragem. Em 2006, dirigiu três videoclipes: “Morning Yearning” de Ben Harper, e “Cause an Effect” e “Seduction Is Evil (She’s Hot)” de N’fa, rapper australiano. Em 2007, revelou numa conferência de imprensa no Festial de Veneza que gostaria de dirigir um filme sobre Nick Drake, cantor e compositor britânico morto prematuramente aos 26 anos. Este foi o tema de “Black Eyed Dog”, a sua primeira e única curta-metragem.

Ledger estava a trabalhar numa adaptação cinematográfica de The Queen’s Gambit, de Walter Tevis, com o produtor e argumentista escocês Allan Scott. Este seria o seu primeiro filme como director.

 

De Agosto de 2002 até abril de 2004, Ledger namorou a atriz Naomi Watts, que conheceu durante as filmagens de Ned Kelly. Havia, antes, namorado as atrizes Lisa Zane e Heather Graham.

Em 2005, Ledger se envolveu com Michelle Williams, que conheceu durante as filmagens de Brokeback Mountain. A filha deles, Matilda Rose, nasceu em 28 de outubro de 2005 na cidade de Nova Iorque. O padrinho da criança é Jake Gyllenhaal, que também atuou em Brokeback Mountain e a madrinha é Busy Phillips, que atuara com Williams no seriado adolescente Dawson’s Creek.

Em agosto de 2007, a revista Us Weekly informou que Ledger e Williams haviam acabado com seu relacionamento devido à tumultuada agenda de compromissos de ambos. Nenhum dos dois confirmaram ou negaram o rumor. Em setembro daquele mesmo ano, Larry, o pai de Williams, confirmou ao jornal australiano The Daily Telegraph que o relacionamento dos dois havia realmente acabado.

No começo de 2008, foi informado pela mídia que Ledger estava saindo com a modelo Gemma Ward, após terem comemorado os feriados do fim de 2007 juntos.

 

Morte

Na manhã do dia 22 de janeiro de 2008, a empregada do ator, Teresa Solomon, entrou no apartamento do ator, situado no bairro do Soho – Nova Iorque, com sua própria chave, para seu trabalho habitual. Por volta das treze horas, ela entrou no quarto de Ledger para trocar uma lâmpada, e viu o ator dormindo.

Às 14h45, a massagista Diana Wolozin apareceu para sua sessão agendada com o ator. Wolozin e Solomon bateram à porta do quarto de Ledger mas não obtiveram resposta. A massagista então entrou no quarto, preparou a mesa de massagem e tentou acordar Ledger.

Wolozin disse à polícia que, a essa altura, o ator já estava frio, porém, acreditou que ele estava apenas inconsciente. Decidiu então pegar o celular de Ledger e ligou para a atriz Mary-Kate Olsen, cujo número estava na memória – os dois eram amigos – e perguntou a ela o que deveria fazer. Olsen, que também vive em Manhattan mas se encontrava na Califórnia, respondeu dizendo que enviaria seus seguranças privados para ajudar na situação. Na seqüência, a massagista ligou para o resgate. A atendente da emergência ainda orientou Wolozin nas técnicas de reanimação.

Os paramédicos chegaram minutos depois, praticamente no mesmo momento em que os seguranças de Olsen também apareceram. Ledger já estava morto.

Diversas hipóteses foram levantadas pelas autoridades e a imprensa em relação à verdadeira causa da morte prematura do ator, inclusive suicídio. Após duas semanas de investigação, o IML de Nova Iorque finalmente concluiu que a causa da morte havia sido por intoxicação acidental de remédios prescritos (oxicodona, hidrocodona, diazepam, temazepam, alprazolam e doxilamina) com efeitos calmante e sonífero.

O Funeral de Ledger aconteceu em Perth, Austrália, sua cidade natal, no dia 09 de fevereiro de 2008. Na ocasião, houve uma breve homenagem de 90 minutos e apenas 10 pessoas, entre amigos e familiares foram autorizadas a estarem presentes no evento reservado. Ledger foi cremado e suas cinzas dispersas na sua praia australiana favorita. Após isso, seus parentes e amigos juntaram-se ao mar numa emocionante celebração coletiva, uma última homenagem ao jovem ator.

 

Filmografia

  • 2009 – The Imaginarium of Doctor Parnassus (Produção Suspensa devido à morte de Ledger)
  • 2008 – O Cavaleiro das Trevas  (The Dark Knight)
  • 2007 – Black Eyed Dog
  • 2007 – Não Estou Lá (I’m Not There)
  • 2006 – Candy
  • 2005 – Os Reis de Dogtown (Lords of Dogtown)
  • 2005 – Os Irmãos Grimm (Brothers Grimm)
  • 2005 – O Segredo de Brokeback Mountain (Brokeback Mountain)
  • 2005 – Casanova
  • 2003 – Ned Kelly
  • 2003 – O Devorador de Pecados (The Order)
  • 2002 – As Quatro Plumas (The Four Feathers)
  • 2001 – Coração de Cavaleiro (A Knight’s Tale)
  • 2001 – A Ultima Ceia (Monster’s Ball)
  • 2000 – O Patriota (The Patriot)
  • 1999 – Two Hands
  • 1999 – 10 Coisas que Eu Odeio em Você (10 Things I Hate About You)
  • 1997 – Assassinato em Backrock (Blackrock)
  • 1997 – Paws

 

Premiações

 

Academy Awards (Oscars)

  • 2006: Melhor ator principal por Brokeback Mountain (indicado)

Australian Film Institute Awards

  • 1999: Melhor ator principal por Two Hands (indicado)
  • 2003: Melhor ator principal por Ned Kelly (indicado)
  • 2005: Prêmio internacional de melhor ator por Brokeback Mountain (vencedor)
  • 2006: Melhor ator principal por Candy (indicado)

BAFTA Film Awards

  • 2006: Melhor ator principal por Brokeback Mountain (indicado)

Golden Globe Awards

  • 2006: Melhor ator em filme dramático por Brokeback Mountain (indicado)

Independent Spirit Awards

  • 2006: Melhor ator principal por Brokeback Mountain (indicado)
  • 2008: Prêmio Robert Altman por I’m Not There (vencedor, dividido com elenco e equipe técnica)

MTV Movie Awards

  • 2006: Melhor beijo por Brokeback Mountain (vencedor, dividido com Jake Gyllenhaal)
  • 2002: Melhor beijo por A Knight’s Tale (indicado, dividido com Shannyn Sossamon)
  • 2002: Melhor seqüência musical por A Knight’s Tale (indicado, dividido com Shannyn Sossamon)
  • 2000: Melhor seqüência musical por 10 Things I Hate About You (indicado)

Satellite Awards

  • 2006: Melhor ator em filme dramático por Brokeback Mountain (indicado)

Screen Actors Guild Awards

  • 2006: Melhor performance de um elenco em um filme por Brokeback Mountain (indicado, dividido com elenco)
  • 2006: Melhor ator principal por Brokeback Mountain (indicado)

 

3 comentários

  1. POXA A VIDA NOS SURPREENDE UM RAPAZ COM TUDO PELA FRENTE BONITO,FAMOSO,INTELIGENTE,PROFICIONAL,TALENTOSO ALÉM DISSO SONHADOR.PARTE TÃO JOVEM DESSA VIDA MAIS ONDE ESTIVER ESTARA EM HUM LUGAR MARAVILHOSO E CONCERTEZA FELIZ.DESCANSE EM PAZ HEATH LEDGER.


  2. PROCURAMOS E QUEREMOS ENTENDER O PORQUÊ DAS COISAS, MAS ISTO ESTA LONGE DO NOSSO ALCANCE, MESMO ASSIM EU MIM QUESTIONO, POR QUE PESSOAS COM HEAHT LEDGER INTELIGENTE, PROFICIONAL E COM UMA CARREIRA EM ASCENSÃO, VÃO EMBORA TÃO CEDO. O MAIS IMPORTANTE LEMBRAR QUE VOCÊ “HEAHT” ENQUANTO ESTIVE AQUI VIVEU INTENÇAMENTE TODOS OS MOMENTOS.
    A ONDE VOCÊ ESTIVER QUE O PAPAI DO CÉU TI ENCHA DE MUITA LUZ E PAZ.
    ASSIM SEJA.


  3. Uma pena um cara com esse potencial partir tão cedo.Que falta faz ao cinema!



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: