Archive for the ‘Aventura’ Category

h1

Jumper

setembro 8, 2009

jumper

Jumper (EUA, 2008)

 

Direção: Doug Liman

Roteiro: David S. Goyer, Jim Uhls e Simon Kinberg, baseado em livro de Steven Gould

Elenco Famoso: Hayden Christensen, Samuel L. Jackson, Diane Lane, Jamie Bell, Rachel Bilson, Michael Rooker, Teddy Dunn, AnnaSophia Robb, Jesse James, Tom Hulce, Barbara Garrick, Meredith Henderson.

 

Todo mundo vive inventando uma desculpa para fazer um filme sobre super-heróis alternativos ou tentativas deles. Jumper é uma tentativa mal-sucedida.

Aos 14 anos, David (Hayden Christensen) é um garoto normal e excluído que tem uma paixão secreta pela amiga Millie (Rachel Bilson). Um dia, quando cai no lago congelado, descobre seus poderes. Anos depois ele é um ladrão de bancos com um dom muito conveniente: o poder de se teletransportar para qualquer lugar em segundos.

Tudo iria bem se os vilões não viessem tentar matá-lo. Então, ele tem a ajuda de outro Jumper, Griffin (Jamie Bell) para parar os vilões malvados.

Se houvesse um final poderia até ser considerado razoável, mas não é o que acontece. O filme é rápido, tanto que, quando a tela escurece e os créditos começam a subir, você acaba ficando boquiaberto e se pergunta “mas, cadê o final?”. Boquiaberto, não no sentido ruim, mas no real sentido “mas, cadê o final?”.

O que o roteirista ou qualquer um que fez o filme estava pensando não se sabe, mas esperamos que não haja ideias de continuação.

 

Resenha por Isabela

 

Nota: 3,5

 

h1

Transformers 2: A Vingança dos Derrotados

agosto 11, 2009

(Transformers: Revenge of the Fallen, EUA, 2009)

Gênero: Ação – Aventura
Estréia – Brasil: 23 de Junho de 2009
Estúdio: Paramount Pictures
Direção: Michael Bay (Transformers, A Ilha, Bad Boys 2, Pearl Harbor, Armageddon)
Roteiro: Ehren Kruger (A chave mestra, O som do trovão, O chamado)
Produção: Lorenzo di Bonaventura (Constantine, Doom, Quatro irmãos, Stardust, G.I. Joe)

Duração: 147 min

Elenco Famoso: Shia LaBeouf, Josh Duhamel, Tyrese Gibson, Megan Fox, John Turturro, Peter Cullen)

Duas horas e meia de pura pancadaria entre robôs. Essa é a melhor definição que eu encontrei para este filme, que podemos dizer que é digno de Michael Bay. Transformers 2 é outro daqueles filmes que são pura ação dos primeiros aos últimos minutos. No começo, é legal, ver tantas explosões e pancadaria cibernética, mas mais passando o filme e você não aguenta mais tanta ação, e você começar perceber que falta história.

A história se passa 2 anos depois que Sam Witwicky (Shia LaBeouf) e os autobots (robôs do bem) salvaram os humanos dos Decepticons. Agora Sam está deixando sua casa para ir para a universidade. Enquanto os Autobots estão ajudando os militares dos EUA, os Decepticons logo ficam sabendo o que Sam ainda não sabe; que somente ele possui a chave para o resultado da luta entre o mal e o supremo poder do bem.

Pouca história, muita ação, bons atores, ótima trilha sonora…. é um filme para toda a familia, digno da sessão da tarde.

Nota: 6,801

Trailer:

Resenha por Caio César


h1

Harry Potter e o Enigma do Príncipe

julho 15, 2009

rony & ginny

Harry Potter and the Half-Blood Prince (EUA/Inglaterra, 2009)

Direção: David Yates

Roteiro: Steve Kloves

Elenco Famoso: Daniel Radcliffe, Rupert Grint, Emma Watson, Michael Gambon, Jim Broadbent, Alan Rickman, Tom Felton, Bonnie Wright, Helena Bonham Carter, Jessie Cave, Evanna Lynch.

Há mais de uma década, fãs se vestem com trajes de cores vermelho e dourado, carregam uma serie de livros com títulos estranhos, usam varinhas para lançar feitiços, desenham cicatrizes em forma de raio na testa e muito mais para demonstrar seu fanatismo pela serie criada por J.K. Rowling do bruxo que virou ícone, Harry Potter.

Agora, o sexto filme chega aos cinemas batendo recordes de bilheteria em pré-venda no Brasil, de bilheteria nos Estados Unidos na sessão da meia noite, ou seja, como disseram os fãs, dois anos de espera valeram a pena.

Tendo o quinto filme como principal guia, o Enigma do Príncipe busca os pontos principais para atingir em cheio seu publico alvo: o romance e o mistério. Depois de todos terem (finalmente) admitido que Lord Voldemort voltou, Dumbledore (Michael Gambon) resolve dar a Harry (Daniel Radcliffe) instruções e esclarecimentos sobre o passado e o futuro do Lorde das Trevas. Ao mesmo tempo, Draco Malfoy (Tom Felton) é escolhido para executar a missão mais importante para os comensais da morte e um livro de poções é achado com a frase “este livro pertence ao príncipe mestiço“, um gênio não só em poções, mas em todas as matérias que expõe feitiços desconhecidos e criados por ele próprio ao livro.

Cheio de suspenses e duvidas não muito bem respondidas até o final, Rony (Rupert Grint) e Luna (Evanna Lynch) voltam ao seus lados cômicos para descontrair e relaxar o publico, com suas frases clichês, esquisitices e romances, Gina (Bonnie Wright) ganha, depois de anos no terceiro plano, seu destaque merecido e Hermione (Emma Watson) deixa os livros de lado para entrar nas desilusões do amor.

O roteiro é mais fiel ao livro do que seu antecessor, apesar de ser mais enrolado, deixar duvidas àqueles que não acompanham os livros e cortar a parte que impõe ao titulo, que se torna fundamental a resolução do ultimo livro; os efeitos são feitos pensando em cada minucioso detalhe, vide os inferi na caverna, o Quadribol e a primeira passagem.  David Yates, como já havia mostrado na Ordem da Fênix, não exagera em seus efeitos e mostra, com muito sucesso e credito, sua visão mais sombria e dramática da serie.

Nota: 9

Resenha por Isabela

h1

Push

junho 5, 2009

Poster-Her%C3%B3is-2

 

Push (EUA, 2009)

Direção: Paul McGuigan

Roteiro: David Bourla

Elenco Famoso: Chris Evans, Dakota Fanning, Camilla Belle, Colin Ford, Joel Gretsch, Djimon Hounsou, Robert Tsonos, Brandon Rhea, Neil Jackson, Kai Cheung Leung, Sun Nan Hung, Corey Stoll, Scott Michael Campbell, Wai Man Tam, Hal Yamanouchi.

 

Push pertence à leva de filmes vagabundos ou de baixo orçamento que além de terem um roteiro repleto de clichês não tem final.

O filme gira em torno da “Divisão”, uma parte do governo que caça as pessoas com poderes especiais e fazem experiências para controlá-las. A única sobrevivente foi a “Pusher” Kyra (Camilla Belle), que foge e encontra-se com um antigo namorado, o “Mover” Nick (Chris Evans) e Cassie (Dakota Fanning), uma “Watcher” cuja mãe foi capturada pela Divisão. Então eles partem em busca de uma mala que ninguém sabe o que significa, mas que de alguma forma pode salvar a mãe de Cassie.

A abertura é bem feita e o efeito é até empolgante, pena que o filme não segue o mesmo ritmo. A história não é original, já que o tema “heróis” já foi copiado tantas vezes. O final praticamente não existe, mas você fica feliz que tenha acabado. Os efeitos são sensacionalistas, principalmente com os gritos forçados dos chineses usados como poderes especiais e por embebedar Dakota Fanning.

Nota  3

 

Resenha por Isabela

h1

Anjos e Demônios

maio 26, 2009

(Angels & Demons, 2009, EUA)

Gênero: Thriller
Estréia – Brasil: 15 de Maio de 2009
Estúdio: Columbia Pictures
Direção: Ron Howard
Roteiro: Akiva Goldsman
Produção: John Calley, Brian Grazer

Duração: 138 min

Elenco Famoso: Tom Hanks, Ayelet Zurer, Ewan McGregor, Slim Khezri

Anjos e demônios é um filme adaptado de um livro como o mesmo nome, da série de livros de sucesso escrito por  Dan Brown. Assim como O Código Da Vinci, esta adaptação acabou provocando a igreja, tanto que ela boicotou o filme.

O filme continua com o protagonista Robert Langdon, um simbologista,  interpretado novamente por Tom Hanks. A história se passa no Vaticano, durante o conclave (eleição do novo Papa) e Robert dessa vez é chamado para ajudar na captura dos criminosos responsáveis pelo seqüestro de  dos cardeais favoritos para a “eleição” e pelo roubo de uma substância chamada antimatéria, que tem o poder de destruir o Vaticano inteiro. Esses criminosos declaram ser de uma sociedade secreta chamada “Illuminati”, uma fraternidade que supostamente existiu há muitos anos atrás. No filme, a substância “antimatéria” foi produzida no LHC (Grande colisor de Hádrons) no qual trabalha Vittoria Vetra, a nova “acompanhante” de Robert. Ela foi testemunha do roubo da antimatéria no laboratório, e se junta a Robert para contribuir nas investigações. Ela não tem muita função na história além de ser bonita e ser ouvinte das teorias de Robert

O filme conta com ótima trilha sonora e efeitos especiais, continua com o mesmo ritmo: Criptas, Enigmas, caça à igrejas, catedrais… conta ainda com cenas de ação muito boas.

Um dos defeitos do filme é a falta de história dos personagens. Nós não sabemos nada sobre a vida de Robert e os outros personagens secundários.


Nota: 8,99

Trailer:

Resenha por Caio César

h1

Crepúsculo

janeiro 12, 2009

capa-do-filme-twilight

Twilight (EUA, 2008)

Direção: Catherine Hardwicke

Roteiro: Melissa Rosenberg  e Stephenie Meyer

Elenco Famoso: Kristen Stewart, Robert Pattinson, Billy Burke, Ashley Greene, Nikki Reed, Kellan Lutz, Peter Facinelli, Cam Gigandet

Não, Crepúsculo não é um filme sobre vampiros. A presença desses seres serve apenas para contar a história de uma garota comum e insegura que acaba de se mudar para uma cidadezinha chuvosa e se apaixona por um vampiro.

Em linhas simples é essa a história do primeiro capítulo da série baseada nos romances de Stephenie Meyer. Bella Swan (Kristen Stewart) muda-se para a casa de seu pai na cidade de Forks, onde a chuva é presente todo o tempo, para não atrapalhar o novo relacionamento da mãe. Enquanto tenta parecer invisível para as pessoas na escola Bella se encanta com o estranho Edward (Robert Pattinson), sem saber que mais tarde teria problemas ao se envolver com um vampiro e sua família.

Algumas vezes o filme dá a sensação de ter sido feito as pressas, e os poucos efeitos especiais são ruins, mas como se trata de um romance esses detalhes não importam tanto.

Nota 7

Resenha por Priscila

h1

Hellboy II: O Exército Dourado

setembro 9, 2008

Hellboy II: The Golden Army

 

EUA/ Alemanha, 2008 – 120 min

 

Direção: Guillermo del Toro

Roteiro: Guillermo del Toro, Mike Mignola

Atores Famosos: Ron Perlman, Selma Blair, Doug Jones, Luke Goss

 

Guillermo Del Toro depois de uma campanha de relativo sucesso com seus últimos filmes (Hellboy e Labirinto do Fauno) agora decide criar uma continuação para Hellboy.

 

A história começa quando humanos e seres místicos (que incluem elfos, ogros e goblins) travam uma guerra, os humanos saem vitoriosos, mas o rei dos elfos ganha controle (graças a uma coroa) sobre um gigantesco exército dourado criado por goblins. Esse exército indestrutível e incansável derrota os humanos, mas o rei arrepende-se de seus feitos e decide dividir a coroa com os humanos como prova da paz entre eles. Mas alguém não saiu feliz com isso.

 

Esse alguém é o príncipe elfo Nuada que depois de muitos anos decide acabar com a paz entre seres místicos e humanos, devido aos humanos estarem acabando com o mundo. Para isso o príncipe precisa juntar as partes da coroa e é aí que Hellboy entra.

 

Hellboy agora enfrenta problemas de relacionamento com Liz e quer acima de tudo ser conhecido pelo mundo, mas ao mesmo tempo fica indeciso devido a ele também não ser humano e pelo fato que Nuada luta em parte pelo bem de seu povo.

 

Hellboy não é um filme que conta com um roteiro dos mais complexos a maioria das ações tomadas pelos personagens é de certa forma previsível. A ação nesse filme parece estar seguindo a linha dos filmes atuais e colocando diversas lutas coreografadas, lembrando bastantes os filmes de Jackie Chan.

 

A trilha sonora é agradável e as atuações no geral agradam, mas não são das mais surpreendentes, os efeitos são bem trabalhados com uma infinidade de monstros grotescos povoando a tela. O filme, apesar de algumas divergências com a historia original, de certa forma agrada, mas acaba sendo bastante regular ainda mais comparado a outros filmes sobre heróis (ou anti-heróis) lançados recentemente.

 

NOTA: 6

By Kaf